Advocacia Criminal

 
O advogado criminal necessita possuir habilidades que diferem das exigidas pelos profissionais de outras áreas do direito. Além da vocação, é necessário ter conhecimento cientifico sobre medicina legal, criminologia, psicologia, etc.

Formação

Formação: É necessário ter cursado Faculdade de Direito, ter prestado o Exame da OAB, e ser aprovado nas duas fases.

Legislação que regula a profissão: Lei nº 8.906, de 04 de julho de 1994, Estatuto da Advocacia e da OAB.

Mercado de Trabalho

Mercado de trabalho: Para ingressar na área, a melhor maneira é o estágio, no decorrer da faculdade. Normalmente, os criminalistas trabalham em grandes escritórios, junto de conceituados profissionais, ou abrem seus próprios escritórios, conquistando seus clientes, aos poucos

Aspectos favoráveis: Boa perspectiva de renda. Na defesa de um caso que tenha grande repercussão, o advogado fica reconhecido e atrai mais casos para si.

Aspectos desfavoráveis: O advogado criminal tem que estar sempre à disposição dos seus clientes, podendo ser chamado nos horários mais inoportunos para comparecer à delegacia, etc. Há preconceito, por parte da mídia e da sociedade, referente a alguns casos.

Salário inicial: R$ 600,00

Concursos

Informações sobre concursos: http://www.ambito-juridico.com.br/site/?n_link=concurso

Provas dos últimos concursos: http://www.ambito-juridico.com.br/site/?n_link=provas

Concursos

Sites Interessantes:
OAB Conselho Federal
OAB Alagoas
OAB Amazonas
OAB Amapá
OAB Bahia
OAB Ceará
OAB Distrito Federal
OAB Espírito Santo
OAB Goiás
OAB Maranhão
OAB Minas Gerais
OAB Mato Grosso do Sul
OAB Mato Grosso
OAB Pará
OAB Paraiba
OAB Pernambuco
OAB Piauí
OAB Paraná
OAB Rio de Janeiro
OAB Rio Grande do Norte
OAB Rondônia
OAB Roraima
OAB Rio Grande do Sul
OAB Santa Catarina
OAB Sergipe
OAB São Paulo
OAB Tocantins



Navegue pelas Carreiras Jurídicas

 

Busca por Carreira